Goiania / GO - quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Perguntas Face

 .

 Cirurgia plástica de rejuvenescimento facial - Ritidoplastia 

.

 A ritidoplastia (cirurgia plástica das rugas faciais) visa equilibrar as marcas do tempo com a vontade do paciente de rejuvenescer. As indicações da ritidoplastia habitualmente começam a partir dos 40 anos e têm o objetivo de retardar (desacelerar) os efeitos do tempo no envelhecimento facial.

 Algumas perguntas são mais freqüentes sobre o tratamento das rugas faciais.

P: Quantos anos vou rejuvenescer?

R: Não é possível prever exatamente quantos anos um paciente rejuvenescerá com a cirurgia. Sabe-se, no entanto, que não se transforma uma face de 40 anos em uma de 20 ou uma de 60 em uma de 40 anos através da cirurgia. O ganho com esse tipo de procedimento é extremamente subjetivo e depende de fatores como o tipo de pele, tipo de rugas (se estáticas ou dinâmicas) e elasticidade da pele. Seu cirurgião poderá lhe informar as características de sua pele e suas rugas.

P: Como ficarão as cicatrizes? Desaparecerão?

R: A cirurgia plástica visa melhorar o aspecto da flacidez da pele e das rugas estáticas (que não dependem da movimentação da face), rejuvenescendo a face. As cicatrizes, entretanto, são permanentes, mas tendem a se tornar cada vez menos visíveis com o tempo. Alguns recursos cosméticos, como maquiagem e penteados, conseguem disfarçar bem as cicatrizes recentes. Lembre-se de que cada paciente tem um comportamento diferente em relação à evolução das cicatrizes. Prurido (coceira), pequeno ardor e insensibilidade poderão ocorrer no local das cicatrizes, o que tende a desaparecer com o tempo.

P: Por quanto tempo persiste o resultado?

R: A cirurgia da face, pescoço e pálpebras retarda visualmente o processo de envelhecimento nessas áreas. Retarda, mas não interrompe o processo evolutivo do organismo. Não há como pré-dizer a duração dos resultados. Em alguns casos poderá ser necessário pequenos retoques ou algum complemento como laser, dermoabrasão, peeling, preenchimentos ou aplicação de toxina botulínica (Botox®).

P: A cirurgia do rejuvenescimento facial (rugas) é considerada “pequena” ou “grande”? Há risco nessa cirurgia?

R: A ritidoplastia é uma cirurgia de médio porte e que raramente causa algum tipo de complicação grave. Como todo procedimento cirúrgico, poderão ocorrer imprevistos na evolução, geralmente passíveis de revisões. Poderá haver programações para tratamentos complementares, se necessário, claro, não existindo obrigatoriedade do cirurgião em intervenções posteriores.

P: As fotografias pré e pós-operatórlas são importantes?

R: Sim, pois são a melhor maneira de se avaliar o resultado obtido ao compararmos com o pré-operatório. Essas fotografias são parte do prontuário médico eletrônico.

P: Que tipo de anestesia é utilizada na cirurgia?

R: Tanto a anestesia geral quanto a local com sedação poderão ser utilizadas. Seu cirurgião poderá indicar o tipo de anestesia mais conveniente para o seu caso.

 P: Quanto tempo dura o ato cirúrgico?

R: Na cirurgia única da face, dura em média 3 horas. Caso o tratamento envolva a cirurgia das pálpebras, extende-se a 4 horas, em média. Nas cirurgias de face total (pálpebras, pescoço e testa) o ato cirúrgico poderá durar até 5 ou 6 horas, dependendo do caso. O tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois essa permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar melhor o tempo total no seu caso.

P: Qual o tempo de internação?

R: De 6 a 24 horas, dependendo de cada caso, sempre levando-se em conta o conforto e segurança do paciente.

P: São utilizados curativos?

R: Sim. Além do uso de gaze, o curativo envolve também o enfaixamento das regiões tratadas (parte lateral da face e pescoço). Esse curativo é retirado em torno das primeiras 24 horas.

P: Os olhos ficam fechados no pós-operatório?

R: Não necessariamente. O edema (inchaço) poderá dificultar um pouco a sua abertura logo após a cirurgia, mas dificilmente a impedirá. Nos casos em que se associa a cirurgia das pálpebras, eles deverão ser cobertos com gazes umedecidas em solução fisiológica gelada nas primeiras 24 horas. Isto diminui a intensidade do edema pós-operatório sobre os olhos.

P: Há dor no pós-operatórlo?

R: Geralmente não. Um dolorimento ocasional poderá ser minimizado com o uso dos analgésicos prescritos pelo seu cirurgião.

P: Quando são retirados os pontos?

R: Os pontos da face e couro cabeludo são retirados do 7º ao 14º dia. Os pontos das pálpebras, quando for o caso, são retirados a partir do 3º dia pós-operatório.

P: Quando poderá ser utilizada maquiagem?

R: Na região das pálpebras, 2 dias após a retirada dos pontos. Na face, em torno do 5º dia pós-operatório. Seu cirurgião poderá fornecer maiores detalhes a esse respeito.

P: Quando poderão ser lavados e penteados os cabelos?

R: A partir do segundo dia pós-operatório, poderão ser lavados e penteados com cuidado. Para secar, poderá ser utilizada uma toalha de rosto separada especialmente para esse fim ou mesmo secador manual com ar frio ou discretamente aquecido. As tinturas só poderão ser utilizadas após a 3ª semana.

P: O corte de cabelo preparatórlo para a cirurgia é muito extenso? Poderá ser disfarçado no pós-operatório?

R: Os cabelos são cortados somente nas áreas em que se planeja posicionar as cicatrizes e poderão ser disfarçadas com penteado adequado.

P: Qual a evolução pós-operatória?

R: Diversas fases são características desse tipo de cirurgia. O edema (inchaço), as equimoses (arroxeados) e alterações de sensibilidade em algumas áreas são comuns a todos os pacientes; alguns pacientes apresentarão estes fenômenos com menor intensidade que outros. Pequenos transtornos que porventura aconteçam poderão ser atenuados com o tempo e reações do seu organismo. Toda e qualquer preocupação de sua parte deverá ser transmitida ao seu cirurgião, que tem os esclarecimentos necessários para sua tranqüilidade. Casos transitórios  de depressão e outras alterações emocionais (humor) são descritos, principalmente nos primeiros dias, devido ao aspecto inicial, mas transitório do rosto no pós-operatório. Isso é passageiro e geralmente é conseqüência da ansiedade de atingir o resultado desejado o quanto antes. Tenha paciência. Lembre-se que nenhum resultado de cirurgia de rejuvenescimento facial deverá ser avaliado antes dos 3 meses pós-operatórios, sendo que o resultado final só pode ser esperado após os 12 meses. Alterações mais persistentes de humor podem necessitar de acompanhamento psicológico.  

P: Para finalizar: o resultado da cirurgia de rejuvenescimento compensa?

R: Cada caso é analisado individualmente durante a 1ª consulta. Pacientes que procuram essa cirurgia apenas para ficar “mais bonitas”, devem ser desencorajadas. Este não é o objetivo fundamental da cirurgia, mas apenas um efeito a mais que se busca. O objetivo principal é o rejuvenescimento facial sem que, com isso, traga alterações fisionômicas maiores que não a atenuação dos efeitos deletérios do tempo. O seu cirurgião poderá detalhar todos os pormenores da ritidoplastia que, quando bem compreendidos, realmente compensam o resultado.