Goiania / GO - quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Perguntas Orelhas


. 

Cirurgia de orelha de abano - Otoplastia

   Em alguns casos, presente em vários membros de uma mesma família, as orelhas proeminentes (de abano) representam uma identificação negativa, podendo determinar profundas alterações no comportamento social, principalmente nas crianças.

A cirurgia é indicada a partir dos 7 anos, período em que seu desenvolvimento praticamente se completa. Nos casos em que ocorrem  problemas de ordem psicológica, a cirurgia poderá ser indicada no período pré-escolar. As seguintes perguntas são mais freqüentes:

P: A cirurgia da orelha de abano deixa cicatrizes?

R: Sim, sendo a cicatriz muito discreta por localizar-se atrás da orelha, no sulco (dobra) formado por esta e o crânio.

P: Qual o tipo de anestesia?

R: Anestesia local com ou sem sedação nos adultos e geral ou local com sedação em crianças.

P: Qual o período de internação?

R: De 2 horas a 1 dia, dependendo do tipo de anestesia e idade do paciente.

P: Quanto tempo demora o ato cirúrgico?

R: Geralmente cerca de 90 a 120 minutos. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois essa permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar mais precisamente quanto ao tempo total.

P: Há perigo nessa cirurgia?

R: A otoplastia é uma cirurgia segura, o que não significa que seja isenta de riscos. O perigo não é maior do que em qualquer outra cirurgia eletiva (programada).

P: Há dor no pós-operatório?

R: Geralmente sim, mas ela poderá ser aliviada com o uso dos analgésicos prescritos.

P: Como é o curativo?

R: Faz-se a proteção da cicatriz com curativos pequenos. Protege-se a orelha, principalmente nas crianças, com um enfaixamento ao redor da cabeça nos primeiros dias, a fim de evitar traumatismos locais. Após a sua retirada, recomenda-se o uso das faixas tipo bailarina ou tenista.

P: Quando são retirados os pontos? Há dor?

R: Em torno do 8º dia e não há dor na retirada.

P: Em quanto tempo se atingirá o resultado definitivo?

R: Na retirada do curativo, ela estará edemaciada (inchada) e arroxeada. Após 12 semanas, percebemos um resultado 80% do esperado. Ao final do 1º ano o resultado será definitivo.

P: Há o risco de voltar o problema das orelhas de abano após a cirurgia?

R: Sim. Casos de traumatismos locais são descritos como os principais fatores na recorrência do problema. Convém salientar que uma pequena assimetria poderá ocorrer pois, mesmo as pessoas não operadas, que não tenham orelhas de abano, não apresentam simetria absoluta.